Confiança cheia de vigor e afeto

Devemos ter uma firme e terna confiança em Nossa Senhora. Ou seja, uma confiança cheia de vigor, mas cheia de afeto, de quem sabe  quanto Ela nos ama a cada um.

Quando se quer mui- to bem a alguém,  não se duvida de que esse alguém deseje nos favorecer em toda a medida de sua recíproca benquerença. Precisamos    nutrir    tal sentimento em relação à Santíssima Virgem, pois Ela tem para conosco um insondável e maternal afeto. E sua ternura sem li- mites deve ser a própria fonte da firmeza de nossa confiança n’Ela.

Uma confiança que nada pode abalar. Confiança nas dificuldades da vida espiritual, de que as muralhas ruirão, os caminhos se endireitarão, o inverossímil se realizará e de que, por misericórdia d’Ela, cada um de nós alcançará a santidade que Deus nos reserva nos seus eternos desígnios.

Envie seu comentário

Você pode estar interessado