São Moisés, Profeta

Profeta, que Deus escolheu para libertar o seu povo do Egito e conduzi-lo à Terra Prometida. Segundo alguns estudiosos, Moisés, também quer dizer “aquele que salva” o seu povo.

No monte Sinai revelou-lhe o seu nome, dizendo: «Eu sou o que sou», e deu-lhe a lei que devia reger a vida do povo eleito. Este servo de Deus morreu com avançada idade no monte Nebo, na terra de Moab, diante da Terra da Promessa.

Teve uma vida tão grande quase como a Bíblia e foi o único que falou com Deus face a face.

O Êxodo descreve a libertação dos judeus da escravidão dos egípcios e da fuga pelo deserto;

O Levítico fala de Moisés, mencionado como o guia do povo eleito;

O Livro dos Números narra a última parte dos 40 anos passados no deserto, para chegar à Terra Prometida;

O Deuteronômio descreve o fim da vida de Moisés, que, segundo a tradição, morreu aos 120 anos.

São Moisés, rogai por nós!

Oração – Esteja sobre nós a bondade do nosso Deus Soberano. Consolida, para nós, a obra de nossas mãos; consolida a obra de nossas mãos!

Moisés: Significa “criança”, “filho” ou “tirado das águas”. O nome Moisés tem origem no hebraico Moshe, que provavelmente deriva do termo egípcio mesu, que quer dizer “criança” ou “filho”

  • Com Santa Rosália, Virgem de Palermo – durante a peste de 1624/25, seus restos mortais, levados em procissão pela cidade, curaram os doentes.

Em Cabillonum, hoje Chalon-sur-Saône, na França, São Marcelo, mártir, († s. III/IV)

Em Roma, no cemitério de Máximo, o sepultamento de São Bonifácio I, papa, que conseguiu resolver muitas controvérsias sobre a disciplina eclesiástica, († 422)

Em Chartres, na Nêustria, atualmente na França, São Calétrico, bispo, († a. 573)

Em Heresfeld, na Saxônia, atualmente na Alemanha, Santa Ida, viúva, († 825)

Em Mende, na Aquitânia, atualmente na França, São Fredaldo, bispo e mártir, († c. s. IX)

Em Colônia, Alemanha, Santa Irmgarda ou Irmengarda, condessa de Süchteln, († c. 1089)

Em Palermo, na Sicília, região da Itália, Santa Rosália, virgem, († s. XII)

Em Caramagna, no Piemonte, região da Itália, a Beata Catarina Mattei, virgem, († 1547)

Em Thúsis, localidade da Récia, Suíça, o Beato Nicolau Rusca, presbítero e mártir, († 1618)

Num barco-prisão ancorado ao largo de Rochefort, na França, o Beato Cipião Jerónimo Brigéat de Lambert, presbítero e mártir, durante a Revolução Francesa, († 1794)

Em Sillery, Québec, Canadá, a Beata Maria de Santa Cecília Romana (Maria Dina Bélanger), virgem, († 1929)

Em Oropesa, Castellón, litoral da Espanha, o Beato José Pascoal Carda Saporta, presbítero e mártir, († 1936)

Em Teulada, Alicante, Espanha, o Beato Francisco Sendra Ivars, presbítero e mártir, († 1936)

Próximo de Genovés, Valência, Espanha, o Beato Bernardo de Lugar Nuevo de Fenollet (José Bleda Grau), religioso e mártir, († 1936)

Em Villanueva del Arzobispo, perto de Jaén, Espanha, o Beato José de Jesus Maria (José Vicente Hormaechea y Apoitia), presbítero e mártir.

(† 1936)