São Marcelino e São Pedro

 

Deram o seu testemunho de fé durante a perseguição do Imperador Diocleciano, por volta do ano 304.

Marcelino era sacerdote e Pedro cumpria o ministério de exorcista.

São Dâmaso afirma que, quando era menino, ouviu do próprio carrasco dos santos o relato da morte deles.

Assim registrou o depoimento do carrasco: “Marcelino e Pedro, escutai a história do vosso triunfo. Quando eu era menino, o próprio carrasco contou-me, a mim Dâmaso, que o perseguidor furioso ordenara que vos fossem cortadas as cabeças no meio dum bosque, para ninguém saber onde estavam os vossos corpos. Mas vós, triunfantes, com as vossas próprias mãos vos preparastes esta sepultura, onde agora descansais.

Depois de terdes descansado por breve tempo numa Selva Branca, revelastes a Lucila que teríeis gosto em descansar aqui”.

Santos Marcelino e Pedro, rogai por nós!

Oração – Deus todo-poderoso, dá-me a exemplo dos mártires São Marcelino e São Pedro, crer em Ti, abandonar-me a Ti, confiar em Ti. Amém

Marcelino: Significa “de Marcelo”, “pertencente a Marcelo”. A partir do latim Marcellinus, é uma forma relativa de Marcelo que tem origem no latim Marcellus, um diminutivo de Márcio, e significa “pequeno guerreiro, pequeno marcial”.

 

Com São Nicolau, peregrino, natural da Grécia, que percorria esta região levando na mão uma cruz e repetindo sem cessar: «Kyrie eléison».