São Jerônimo, Presbítero, Doutor da Igreja

Presbítero e doutor da Igreja, nascido na Dalmácia, na atual Croácia, estudou em Roma, onde adquiriu uma vastíssima cultura literária e aí recebeu o Batismo.

Atraído pelo valor da contemplação e da vida ascética, partiu para o Oriente e foi ordenado presbítero.

Regressou a Roma e foi secretário do Papa São Dâmaso. Nesta época começou a revisão das traduções latinas da Sagrada Escritura e promoveu a vida monástica.

Mais tarde estabeleceu-se em Belém, onde continuou a tomar parte muito ativa nos problemas e necessidades da Igreja, dedicando-se com exímia competência a traduzir e explicar a Sagrada Escritura dos textos originais.

Escreveu muitas obras, principalmente comentários à Sagrada Escritura e manteve abundante correspondência.

Morreu em Belém no ano 420.

São Jerônimo foi um desses homens raros, e a simples enunciação do seu nome é mais expressiva do que qualquer elogio.

 

São Jerônimo, rogai por nos!

 

 

Com São Francisco de Borja, descendente da família Borja. Nasceu em Gandia, Espanha, em 1510. Casado e pai de 8 filhos, foi vice-Rei da Catalunha, mas jamais descuidou da sua fé. Viúvo, deixou tudo e entrou para a Companhia de Jesus, da qual foi Comissário Geral. Fundou as Missões na América do Sul