São Cutberto, Bispo

Natural da vizinhança do mosteiro de Mailros, na ilha de Lindisfarne. Desde a juventude, foi privilegiado com graças especiais que o atraíram para Deus.

Uma noite em que guardava um rebanho, viu, quando rezava, subir ao céu a alma de santo Aidão, cuja morte soube pela manhã do dia seguinte. Sentiu-se de tal modo tocado com essa visão, que se tornou monge na abadia de Mailros, na região dos Merciões, mas habitada por irlandeses.

São Cutiberto passara vários anos nessa solidão quando São Teodoro reuniu um concílio em presença do rei Egfrido, no ano de 684, quando foi eleito Bispo de Lindisfarne.

Enviaram-lhe vários mensageiros, sem conseguirem arrancá-lo do retiro. Foi necessário que o rei lá fosse em pessoa com São Trumwin, bispo dos pictos, e várias pessoas de consideração. Mesmo assim, tiveram dificuldades em convencê-lo.

Sua sagração foi adiada para o ano seguinte, e celebrada em York, na presença do rei, no dia de Páscoa, 26 de Março de 685. Sete bispos assistiram à cerimônia e à testa deles, São Teodoro. O novo Bispo de Lindisfarne continuou guardando as observâncias monásticas, aplicando-se, todavia, com grande cuidado à instrução de seu povo.

Morreu, em 687, no dia 20 de Março dia em que a igreja lhe honra a memória.

A vida de São Cutberto foi escrita por outro Santo, o venerável Beda, que vivia nessa época e que tomou todas as precauções para não dizer senão coisas das quais não se possa duvidar

São Cutberto, rogai por nós

Oração – Senhor Deus que destes a São Cutberto a compreensão da Santa Missa durante a qual derramava abundantes lágrimas  e quando ouvia as confissões dos pecadores, fazei de nós a seu exemplo verdadeiros católicos. Amém

Cutberto: Dinamarquês. Conhecido pela bravura

 

Com São João Nepomuceno, Presbítero, Mártir, lançado vivo no rio.