Santo Inácio de Antioquia, Bispo, Mártir

De origem pagã e convertido em idade avançada, discípulo do Apóstolo São João e segundo sucessor de São Pedro no governo da Igreja de Antioquia.

Pesquisadores indicam que conheceu pessoalmente os Apóstolos Pedro e Paulo.

Coração ardente (o nome Inácio deriva de ignis = fogo ), ele é lembrado sobretudo pelas expressões de intenso amor a Cristo.

A cidade de Antioquia, na Síria, terceira em ordem de grandeza do vasto Império Romano, teve como primeiro Bispo o Apóstolo Pedro, ao qual sucederam Evódio e em seguida Inácio, o Teófolo — o que traz Deus –, como ele mesmo gostava de ser chamado.

Por volta do ano 110, foi preso vítima da perseguição de Trajano e conduzido a Roma, acorrentado, onde consumou o seu glorioso martírio.

Durante a viagem, experimentando a ferocidade dos guardas, semelhante à dos leopardos, escreveu sete cartas, dirigidas a várias Igrejas e a São Policarpo, nas quais exorta os irmãos a servir a Deus em união com os Bispos e a não impedirem que ele fosse imolado como vítima por Cristo.

Tais cartas constituem preciosos documentos sobre a Igreja primitiva, seus fundamentos teológicos e sua constituição hierárquica.

As suas palavras inflamadas de amor a Cristo e à Igreja ficaram na lembrança de todas as gerações futuras: “Deixem-me ser a comida das feras, pelas quais me será dado saborear Deus. Eu sou o trigo de Deus. Tenho de ser triturado pelos dentes das feras, para tornar-me pão puro de Cristo.”

“Onde está o Bispo, aí está a comunidade, assim como onde está Cristo Jesus aí está a Igreja Católica”, escreveu na carta endereçada ao então jovem Bispo de Esmirna, São Policarpo.

Os cristãos de Antioquia veneravam, desde a antiguidade, o seu sepulcro nas portas da cidade e já no século IV celebravam a sua memória a 17 de outubro, dia adotado agora também pelo novo calendário.

Santo Inácio de Antioquia, rogai por nós!

Oração – Deus, nosso Pai, animados pelo exemplo de fé e de confiança em Vós de Santo Inácio de Antioquia, sejamos fortalecidos pela Vossa graça e assim testemunhemos com nossa vida o Evangelho do Deus vivo e verdadeiro. Amém.

 

 

Com Santo Oseias, Profeta, que, não só com palavras mas com a própria vida, anunciou ao infiel povo de Israel o Senhor como Esposo sempre fiel e de infinita misericórdia.