Santo Henrique II, Imperador e Santa Cunegundes, Impertatriz

Santo Henrique II, Imperador e Santa Cunegundes, Imperatriz

Esse casal faz parte da Luz Medieval, pois viveram uma perfeita harmonia de afetos, projetos e ideais de santidade. Ambos guardaram a continência perpétua no casamento.

Juntos, o casal realizou muitas obras piedosas e praticou a oração e a mortificação.
Henrique pertencia a uma família santa, filho de duque, nasceu num castelo na Alemanha em 973. Foi educado por cônegos e pelo próprio Bispo de Ratisbona, adquirindo uma formação cristã, digna de um Rei.

“Por trás de um grande homem está uma grande mulher”,  também se fez presente com Henrique, pois casou-se com a princesa de Luxemburgo, Cunegundes, que era uma mulher virtuosa e com inúmeros dons, com os quais auxiliou durante vinte e sete anos o seu esposo na organização do Império e na expansão do Reino de Deus.

Com a morte do Imperador, a Imperatriz foi morar num mosteiro e passou a obedecer às suas superioras até ir ao encontro de Henrique no Céu, quando tinha 61 anos.

Com eles se tem o exemplo de pessoas do mais alto nível social que viviam em meio à pompa e circunstância de um ambiente de Corte e eram perfeitamente humildes e despretensiosos.

Santo Henrique e sua esposa Santa Cunegundes

Santo Henrique e santa Cunegundes, rogai por nós

Com:  São Esdras, Sacerdote e Escriba;

São Silas, Discípulo dos Apóstolos, Pessoas eminente;

Santa Teresa Jesus de los Andes, Virgem (Chile).