Santo Evaristo, Papa, Mártir

Evaristo manifestou desde a mais tenra infância boas disposições pela virtude e pelas letras, fato que seu pai observou  e cuidou de cultivar com dedicação. Assim foi progredindo Evaristo nas ciências, de forma que tornou-se pessoa de excelentes talentos, dentro dos seus puros e inocentes costumes judaicos.

Não se sabe as circunstâncias e a época em que se converteu. Era um presbítero conhecido por acender o fervor e devoção no coração dos seus fiéis, pelos seus exemplos de virtude e caridade cristã.

Sucedeu a São Clemente no trono pontifício, num calamitoso tempo em que a chama da heresia tentava debelar-se em território sagrado. O espírito das trevas valia-se de todos os artifícios para derramar o veneno de seus erros, particularmente, entre os fiéis de Roma

Além da luta contra a heresia, empenhou-se também no aperfeiçoamento da disciplina eclesiástica, por meio de prudentíssimas regras e decretos. Foi por sua determinação que Roma foi dividida em paróquias.

O trabalho apostólico de Santo Evaristo continuava com vigor, de forma que o número de fiéis crescia palpavelmente, para insatisfação dos inimigos de Cristo. A vinha do Senhor era regada com o sangue dos Mártires, ostentando-se cada vez mais florida e fecunda

Após arquitetarem diversas artimanhas, para pôr termo ao crescimento da religião de Cristo, decidiram que o meio mais eficaz para dispersar o rebanho, seria ferir o pastor. E assim foi feito! Imobilizaram-no com cadeias e levaram-no ao cárcere para ser julgado. Conduzido ao tribunal, demonstrou tanta alegria ao receber sentença de morte por amor a Jesus Cristo, que os magistrados ficaram atônitos, não conseguindo compreender como cabia tanto valor e tanta constância em um pobre velho.

Foi condenado à morte no dia 26 de outubro do ano 107.

É o quinto Papa da Igreja Católica a receber, como seus predecessores, a coroa do Martírio. Foi em Roma, numa época em que as perseguições contra a Santa Igreja de Deus eram implacáveis.Tempos muito aflitivos para os cristãos que  pagavam com a própria vida sua recusa em abjurar a fé.

Santo Evaristo, rogai por nós!

Oração – Ó Deus, que concedestes ao Papa Santo Evaristo a graça do Magistério Romano, permiti que, pela sua intercessão, sejamos sempre fiéis ao papa e aos bispos a ele unidos. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém.

Evaristo: Significa ótimo e indica uma pessoa movida por um grande desejo de transformar tudo para melhor, na sua vida e nas condições da sua comunidade

 

 

Com  São Frumêncio, Bispo, Apóstolo da Etiópia tendo sido sagrado Bispo, por santo Atanásio.

 

3. Perto de Esmirna, Ásia, Turquia, São Traseias ou Tráseas, bispo de Euménia da Frígia e mártir, († c. 170/180)

4. Em Arvena, na Aquitânia, hoje Clermont-Ferrand, na França, São Namácio, bispo, que construiu a igreja catedral, c. 460)

5. Em Nápoles, na Campânia, Itália, sepultamento de São Gaudioso, bispo,  segundo a tradição, por causa da perseguição dos Vândalos passou de Abitene à Campânia e terminou santamente os seus dias na paz de um mosteiro, († s. V/VI)

6. Em Iona, ilha da Escócia, Santo Oterano, monge, que foi um dos primeiros discípulos de São Columba, († s. VI)

7. Em Vicenza,  Venécia, Véneto, Itália, a comemoração do Beato Bartolomeu da Breganza, bispo, da Ordem dos Pregadores, que fundou nesta cidade a Milícia de Jesus Cristo para defender a fé católica e a liberdade da Igreja, († 1270)

8. Em Paterna, no território de Valência, na Espanha, o Beato Salvador Mollar Ventura, religioso da Ordem dos Frades Menores e mártir, que, durante a perseguição contra a fé, mereceu ser redimido como discípulo fiel no sangue de Cristo, († 1711)