Santo Agostinho, Bispo, Doutor da Igreja

Nasceu em Tagaste, no ano de 354, de pai pagão e mãe cristã.

Espírito irrequieto e sedento de verdade, enveredou por várias correntes filosóficas e seitas, até chegar ao cristianismo.

Incursionou também pelos meandros da vida amorosa, e por muito tempo viveu em companhia de uma mulher e ambos tiveram um filho. Esta mulher anônima e da qual nem sequer nos legou o nome, retornou à África.

Agostinho converteu-se por volta do ano 387 e recebeu o Batismo em Milão das mão do célebre Bispo Santo Ambrósio que, juntamente com Santa Mônica, trabalhou pela sua conversão.

Retornou à sua terra, levou vida ascética e ao estudo da Escritura e foi eleito Bispo de Hipona.

Trinta e quatro anos esteve à frente de seu povo, ensinando-o e combatendo as heresias, expondo com sabedoria a verdadeira fé. Além de “Confissões”, escreveu muitas outras obras constituindo-se num dos mais profundos pensadores do mundo antigo.

Morreu em Hippo Regius, no dia 28 de Agosto de 430.

 

Santo Agostinho, rogai por nós!

 

 

 

 

Com São Moisés o Etíope, que, depois de ter sido um ladrão famoso se tornou anacoreta, converteu muitos do seu bando e os conduziu consigo para o mosteiro.