Santo Afonso Rodriguez, Presbítero, Porteiro

Educado no colégio jesuíta de Alcalá, teve de abandonar os estudos para tomar o lugar do pai no comércio de tecidos, casando-se aos 27 anos de idade.

Tendo perdido a esposa e os filhos, angustiado procurou continuar a sua vida como comerciante, mas sofreu alguns prejuízos consideráveis no negócio, caindo em dívidas e a cada dia perdendo mais o gosto pelas coisas materiais.

Sentindo-se chamado para a vida religiosa, ingressou na Companhia de Jesus como simples irmão coadjutor. Durante quase quarenta anos foi religioso exemplar, exercendo o humilde mister de porteiro.

Foi neste posto, aparentemente tão insignificante, que se elevou à mais alta santidade, conservando a ideia de Deus continuamente presente no seu espírito, vivendo em permanente mortificação, obedecendo com humildade perfeita aos seus superiores, e dando provas de uma ilimitada caridade, de uma complacência e uma mansuetude inalteráveis, fosse em relação a seus irmãos, fosse em relação aos alunos e aos estrangeiros que frequentavam o colégio.

Várias vezes, viram-no arrebatado em êxtase enquanto orava, mas os dons de Deus não lhe enchiam de vaidade o coração. Santo Afonso Rodriguez era de facto um grande mestre na oração.

Foi quem Confessor preparou São Pedro Claver, que seria o apóstolo dos escravos negros.

Dotado de dons sobrenaturais e carismas, desenvolveu grande apostolado, chegando a possuir numeroso grupo de discípulos, entre os quais São Pedro Claver.

Deixou escritos que revelam uma sabedoria nada livresca, muito verdadeira e profunda.

Foi canonizado pelo Papa Leão XIII.

Santo Afonso Rodriguez, rogai por nós!

Oração – Ó Deus, concedei-nos, pelas preces de Santo Afonso Rodrigues, a quem destes perseverar na imitação de Cristo, seguir a nossa vocação com fidelidade e chegar àquela perfeição que nos propusestes em vosso Filho. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

 

 

Com São Quintino, mártir, da ordem senatorial, que padeceu por Cristo no tempo do imperador Maximiano.