Santo Afonso Maria de Ligório, Bispo, Fundador e Doutor da Igreja

Bispo e doutor da Igreja, insigne pelo zelo das almas, pelos seus escritos, pela sua palavra e pelo seu exemplo.

Aos 19 anos já era advogado formado e a sua vida mudou radicalmente quando percebeu a fragilidade dos julgamentos humanos, defendendo culpados e condenando inocentes.

Tinha 30 anos quando se fez sacerdote.

Em 1732, fundou a Congregação do Santíssimo Redentor ou Padres Redentoristas, para concretizar o anúncio do Evangelho para a evangelização das populações rurais.

Escreveu várias obras ascéticas e teológicas. Entre as mais conhecidas temos “A Prática do amor a Jesus Cristo”, “Preparação para a morte” e “As glórias de Maria”.

A sua obra mais importante versa sobre teologia moral, assunto no qual é considerado mestre insigne.
Foi eleito bispo de Santa Ágata dos Godos, por Clemente XIII, e exerceu o cargo durante 15 anos, mas devido à idade e ao seu precário estado de saúde pediu ao Papa o seu afastamento.

Sofreu muitas contrariedades no fim da vida: criticado pelos seus escritos e até mesmo expulso de sua própria Congregação, por causa da má interpretação daquilo que desejava para seus filhos.

Morreu em Nocera dei Pagani, Campanha, em 1787.

Santo Afonso Maria de Ligório, rogai por nós!

Oração – Jesus, minha esperança, minha força e meu consolo, dai-me força para que eu Vos seja fiel. Dai-me luz, fazei-me conhecer as coisas de que me devo desapegar; ajudai-me para que em tudo eu Vos queira obedecer. Amém

Afonso: Significa “inclinação nobre”, “pronto para a nobreza”, “nobre aptidão”, “apto para ser nobre”. O nome Afonso tem origem no germânico Adalfuns

 

 

Com 7 irmãos Macabeus