Santa Joana Francisca de Chantal, Viúva, Fundadora

Nasceu em Dijon (França) no ano 1572.

Um herege permitiu-se diante dela falar contra a Santa Eucaristia; Joana, que tinha somente cinco anos, censurou-o asperamente. Mais tarde recusou desposar um fidalgo muito rico, porque era calvinista.

Quando chegou aos vinte anos, seu pai casou-a com o barão de Chantal, o mais velho da família de Rabutin. Era um oficial de vinte e sete anos, que servia com distinção e que Henrique IV honrava com seu favor. Teve seis filhos, que educou esmeradamente.

Tendo ficado viúva, como Clara com Francisco, assim foi Joana com Francisco de Sales: Levou, sob sua direção, uma admirável vida de perfeição, exercendo especialmente a caridade para com os pobres e os enfermos.

Fundou o Instituto da Visitação, as Visitandinas, que governou sabiamente.

Morreu em 1641.

Santa Joana Francisca de Chantal, rogai por nós!

Oração – Concedei-nos, ó Deus, a sabedoria e o amor que inspirastes à vossa filha Santa Joana Francisca de Chantal, para que, seguindo seu exemplo de fidelidade, nos dediquemos ao vosso serviço. Amém

 

 

Com Beato Amadeu da Silva Jovem nobre da corte portuguesa e irmão de Santa Beatriz da Silva

 

  1. Catânia, na Sicília, atualmente região da Itália, Santo Euplo, mártir, († 304)
  2. Nicomédia, na Bitínia, hoje Izmit, na Turquia, os santos Aniceto e Fócio, mártires, († s. IV)
  3. Killala, na Irlanda, São Muredach, bispo, († c. s. V)
  4. Irlanda, no mosteiro que recebeu o seu nome, Santa Lélia, virgem, († s. V)
  5. Bréscia, na Lombardia, região da Itália, Santo Herculano, bispo, († s. VI)
  6. Lérins, ilha da Provença, atualmente na França, os santos mártires Porcário, abade, e muitos outros monges, († c. s. VIII)
  7. Ruthin, no País de Gales setentrional, o Beato Carlos Meehan, presbítero e mártir, († 1679)
  8. Roma, o Beato Inocêncio XI, papa, († 1689)
  9. Barco-prisão ancorado ao largo de Rochefort, na França, o Beato Pedro Jarrige de la Morélie de Puyredon, presbítero e mártir, Revolução Francesa, († 1794)
  10. Nam Dinh, Tonquim, hoje no Vietnam, os santos mártires Tiago Dô Mai Nam My, presbítero, António Nguyen Dich, agricultor, e Miguel Hguyen Huy My, médico, († 1838)
  11. Hornachuelos, Córdova, Espanha, a Beata Vitória Díez y Bustos de Molina, virgem e mártir, († 1936)
  12. Valdemoro, próximo de Madrid, também na Espanha, o Beato Flávio (Atilano Dionísio Argüeso González), religioso e mártir, († 1936)
  13. Barbastro, Huesca, Aragão, Espanha, os beatos Sebastião Calvo Martínez, presbítero, e cinco companheiros, mártires, religiosos, († 1936)