Santa Brígida, da Suécia, Patrona da Europa

Santa Brígida, da Suécia, Patrona da Europa

 

Nasceu em Finstad, na Suécia, em 1303, e morreu em Roma, em 1373.

Foi contemporânea de Santa Catarina de Sena.

Aos 13 anos, casou-se com o príncipe Ulf, governador de um importante distrito do Reino da Suécia e tiveram oito filhos, entre eles uma santa, Catarina. Fundaram um hospital e eles próprios (Santa Brígida e seu marido), cuidavam dos doentes.

Ao ficar  viúva recolheu-se num mosteiro onde levava vida austera, chegando a mendigar às portas das igrejas.

Uns dez anos antes de morrer, fundou a Ordem de São Salvador (brigidinas), da qual, mais tarde, sua filha, Santa Catarina da Suécia, viria a ser a prioresa.

Fez uma peregrinação à Terra Santa acompanhada pela filha Catarina e dois filhos.

Foi uma grande mística. Suas Revelações são a maior prova de seu profundo amor a Jesus e da solidez de sua espiritualidade.

Com Santa Catarina de Sena e Santa Teresa Benedita da Cruz (Edith Stein), foi proclamada por João Paulo II como Patrona da Europa.

Santa Brígida da Suécia, Rogai por nós!

 

Com Profeta Ezequiel