Martírio de São João Batista

É o único Santo que durante o ano litúrgico é celebrado o seu nascimento e a sua morte, respectivamente dia 24 de junho e 29 de agosto.

João é primo de Jesus, concebido por Zacarias e Isabel quando já eram idosos, ambos descendentes de famílias sacerdotais.

O seu nascimento é colocado cerca de seis meses antes do de Cristo, de acordo com o episódio evangélico da Visitação de Maria a Isabel. Enquanto que a data da morte ocorreu entre os anos 31 e 32, e remonta à dedicação de uma pequena basílica do século V no local do seu sepulcro.

Além de ser o último grande profeta do Antigo Testamento, é o primeiro Apóstolo de Jesus

João Batista, o precursor do Senhor, como luz que arde e ilumina, morre, como mártir. Não um mártir da fé – porque não lhe foi pedido que a negasse – mas um mártir da verdade. Seja porque jamais a deixou de defendê-la, seja porque pela Verdade que é Jesus, ele viveu e morreu.

 

São João Batista, mártir, rogai por nós!

 

 

Com Santa Sabina