Biblia Online

Naum, 2

1 - Eis que vem sobre as montanhas um mensageiro de boa nova, alguém que anuncia a felicidade. Celebra as tuas festas, ó Judá, cumpre teus votos! Porque o ímpio não passará mais por tua terra está completamente aniquilado.

2 - Um destruidor avança contra ti: guarda a fortaleza vigia o caminho, fortifica os teus rins, reúne todo o teu vigor,

3 - porque o Senhor restaura o esplendor de Jacó, assim como o esplendor de Israel, depois que os saqueadores despojaram e destruíram seus sarmentos.

4 - Os combatentes trazem escudo vermelho, os guerreiros estão vestidos de púrpura, os carros de aço cintilantes avançam no dia em que são postos em linha e são brandidas as lanças.

5 - Os carros se precipitam pelas ruas, saltando através das praças. Ao vê-los, dir-se-ia serem tochas ardentes correm como relâmpagos.

6 - Ele se lembra de seus guerreiros valentes, mas estes tropeçam em sua marcha. Precipitam-se para a muralha e preparam o teto protetor.

7 - As portas dos rios são abertas, o palácio cai arruinado.

8 - Ela é desnudada e deportada suas servas gemem como pombas, e batem no peito.

9 - Nínive é semelhante a um tanque desde a sua origem. Eles fogem. Parai! Parai! Mas ninguém volta para trás.

10 - Saqueai a prata, saqueai o ouro, porque há inumeráveis tesouros e montes de objetos preciosos.

11 - Roubo, pilhagem, devastação! O coração desfalece os joelhos tremem, a dor oprime todos os rins, todos os rostos estão lívidos.

12 - Onde está agora o retiro dos leões, o pasto dos leõezinhos, onde se recolhiam o leão, a leoa e os leõezinhos, sem haver quem os inquietasse?

13 - O leão despedaçava para os seus pequenos, e estrangulava para as suas leoas enchia de presas os seus antros, e de despojos as suas cavernas,

14 - Eis que venho agora contra ti - oráculo do Senhor dos exércitos - vou incendiar teus carros e reduzi-los a fumaça, a espada vai devorar os teus leõezinhos porei fim às tuas rapinas na terra, não se ouvirá mais a voz dos teus mensageiros.