Biblia Online

Jó, 41

1 - Ninguém é bastante ousado para provocá-lo quem lhe resistiria face a face?

2 - Quem pôde afrontá-lo e sair com vida, debaixo de toda a extensão do céu?

3 - Não quero calar (a glória) de seus membros, direi seu vigor incomparável.

4 - Quem levantou a dianteira de sua couraça? Quem penetrou na dupla linha de sua dentadura?

5 - Quem lhe abriu os dois batentes da goela, em que seus dentes fazem reinar o terror?

6 - Sua costa é um aglomerado de escudos, cujas juntas são estreitamente ligadas

7 - uma toca a outra, o ar não passa por entre elas

8 - uma adere tão bem à outra, que são encaixadas sem se poderem desunir.

9 - Seu espirro faz jorrar a luz, seus olhos são como as pálpebras da aurora.

10 - De sua goela saem chamas, escapam centelhas ardentes.

11 - De suas ventas sai uma fumaça, como de uma marmita que ferve entre chamas.

12 - Seu hálito queima como brasa, a chama jorra de sua goela.

13 - Em seu pescoço reside a força, diante dele salta o espanto.

14 - As barbelas de sua carne são aderentes, esticadas sobre ele, inabaláveis.

15 - Duro como a pedra é seu coração, sólido como a mó fixa de um moinho.

16 - Quando se levanta, tremem as ondas, as vagas do mar se afastam.

17 - Se uma espada o toca, ela não resiste, nem a lança, nem a azagaia, nem o dardo.

18 - O ferro para ele é palha o bronze, pau podre.

19 - A flecha não o faz fugir, as pedras da funda são palhinhas para ele.

20 - O martelo lhe parece um fiapo de palha ri-se do assobio da azagaia.

21 - Seu ventre é coberto de cacos de vidro pontudos, é uma grade de ferro que se estende sobre a lama.

22 - Faz ferver o abismo como uma panela, faz do mar um queimador de perfumes.

23 - Deixa atrás de si um sulco brilhante, como se o abismo tivesse cabelos brancos.

24 - Não há nada igual a ele na terra, pois foi feito para não ter medo de nada

25 - afronta tudo o que é elevado, é o rei dos mais orgulhosos animais.