Biblia Online

Jó, 35

1 - Eliú retomou ainda a palavra nestes termos:

2 - Imaginas ter razão em pretender justificar-te contra Deus?

3 - Quando dizes: Para que me serve isto, qual é minha vantagem em não pecar?

4 - Pois vou responder-te, a ti e a teus amigos.

5 - Considera os céus e olha: vê como são mais altas do que tu as nuvens!

6 - Se pecas, que danos lhe causas? Se multiplicas tuas faltas, que mal lhe fazes?

7 - Se és justo, que vantagem lhe dás, ou que recebe ele de tua mão?

8 - Tua maldade só prejudica o homem, teu semelhante tua justiça só diz respeito a um humano.

9 - Sob o peso da opressão, geme-se, clama-se sob a mão dos poderosos.

10 - Mas ninguém diz: Onde está Deus, meu criador, que inspira cantos de louvor em plena noite,

11 - que nos instrui mais do que os animais selvagens e nos torna mais sábios do que as aves do céu?

12 - Clamam, mas não são ouvidos, por causa do orgulho dos maus.

13 - Deus não ouve as palavras frívolas, o Todo-poderoso não lhes presta atenção.

14 - Quando dizes que ele não se ocupa de ti, que tua causa está diante dele, que esperas sua decisão,

15 - que sua cólera não castiga e que ele ignora o pecado,

16 - Jó abre a boca para palavras ociosas e derrama-se em discursos impertinentes.