Biblia Online

Jó, 2

1 - Ora, um dia em que os filhos de Deus se apresentaram diante do Senhor, Satanás apareceu também no meio deles na presença do Senhor.

2 - O Senhor disse-lhe: De onde vens tu? Andei dando volta pelo mundo, respondeu Satanás, e passeando por ele.

3 - O Senhor disse-lhe: Notaste o meu servo Jó? Não há ninguém igual a ele na terra, íntegro, reto, temente a Deus e afastado do mal. Persevera sempre em sua integridade foi em vão que me incitaste a perdê-lo.

4 - Pele por pele!, respondeu Satanás. O homem dá tudo o que tem para salvar a própria vida.

5 - Mas estende a tua mão, toca-lhe nos ossos, na carne juro que te renegará em tua face.

6 - O Senhor disse a Satanás: Pois bem, ele está em teu poder, poupa-lhe apenas a vida.

7 - Satanás retirou-se da presença do Senhor e feriu Jó com uma lepra maligna, desde a planta dos pés até o alto da cabeça.

8 - E Jó tomou um caco de telha para se coçar, e assentou-se sobre a cinza.

9 - Sua mulher disse-lhe: Persistes ainda em tua integridade? Amaldiçoa a Deus, e morre!

10 - Falas, respondeu-lhe ele, como uma insensata. Aceitamos a felicidade da mão de Deus não devemos também aceitar a infelicidade? Em tudo isso, Jó não pecou por palavras.

11 - Três amigos de Jó, Elifaz de Temã, Bildad de Chua e Sofar de Naama, tendo ouvido todo o mal que lhe tinha sucedido, vieram cada um de sua terra e combinaram ir juntos exprimir sua simpatia e suas consolações.

12 - Tendo de longe levantado os olhos, não o reconheceram e puseram-se então a chorar, rasgaram as vestes, e lançaram para o céu poeira, que recaía sobre suas cabeças.

13 - Ficaram sentados no chão ao lado dele sete dias e sete noites, sem que nenhum lhe dirigisse a palavra, tão grande era a dor em que o viam mergulhado.