III – DOENCA E MORTE DE JACINTA

2. Visita de Nossa Senhora

Recuperou, no entanto, algumas melhoras. Pôde ainda levantar-se e passava, então, os dias sentada na cama do lrmãozinho. Um dia mandou-me chamar: que fosse junto dela depressa. Lá fui, correndo.

- Nossa Senhora veio-nos ver e diz que vem buscar o Francisco muito breve para o Céu. E a mim perguntou-me se queria ainda converter mais pecadores. Disse-Lhe que sim. Disse-me que ia para um hospital, que lá sofreria muito; que sofresse pela conversão dos pecadores, em reparação dos pecados contra o Imaculado Coração de Maria e por amor de Jesus. Perguntei se tu ias comigo. Disse que não. Isto é o que me custa mais. Disse que ia minha Mãe levar-me e, depois, fico lá sozinha!

Depois, ficou algum tempo pensativa. Depois, acrescentou:

- Se tu fosses comigo! O que mais me custa é ir sem ti. Se calhar, o hospital é uma casa muito escura, onde não se vê nada; e eu estou ali a sofrer sozinha! Mas não importa, sofro por amor de Nosso Senhor, para reparar o Imaculado Coração de Maria, pela conversão dos pecadores e pelo Santo Padre.

Quando chegou o momento de seu Innãozinho partir para o Céu, ela fez as suas recomendações:

- Dá muitas saudades minhas a Nosso Senhor e a Nossa Senhora e diz-lhes que sofro tudo quanto Eles quiserem, para converter os pecadores e reparar o Imaculado Coração de Maria.

Sofreu muito com a morte do Irmão. Ficava por muito tempo pensativa; e se lhe perguntava no que estava a pensar, respondia:

- No Francisco. Quem me dera vê-lo! E os olhos marejavam-se. Um dia, disse-lhe:

- A ti já te falta pouco para ires para o Céu; mas eu! - Coitadinha! Não chores. Lá hei de pedir muito, muito, por ti.Vós, Nossa Senhora que quereis assim. Se me quisesse a mim, ficava contente, para sofrer mais pelos pecadores.



Rua Martim Francisco, 665 - Santa Cecília - São Paulo - SP - CEP 01226-001
(11) 2206-4540
vindesenhoradefatima@fatima.org.br