30 Dias com Maria

O “estalo” de Vieira

Quando, em 1552, aportou na Bahia o primeiro Bispo do Brasil, Dom Pero Fernandes Sardinha, trazia ele uma preciosa imagem de Nossa Senhora da Maravilhas, presente do Rei Dom João III à recém-descoberta Terra de Santa Cruz. Concluída a construção da Catedral da Sé de Salvador em 1624, seu Bispo, Dom Marcos Teixeira, entronizou a imagem de Nossa Senhora das Maravilhas na capela lateral onde a Mãe de Deus passou a acolher com benevolência todos quantos a Ela vêm pedir auxílio.

Por meio dessa imagem, o Senhor tem operado numerosos e grandes milagres. Um dos mais conhecidos deu-se com o famoso Padre Antônio Vieira.

Tendo ele vindo menino para o Brasil, iniciou seus estudos no Colégio dos Jesuítas na Bahia.

Nos primeiros tempos não passava de um estudante medíocre, mal compreendendo as lições, a ponto de os superiores pensarem em dispensá-lo do Colégio.

Em seu grande desejo de ingressar na Companhia de Jesus (a Ordem dos jesuítas), certo dia, já quase desesperado com sua dificuldade nos estudos, foi suplicar auxílio aos pés da Senhora das Maravilhas. No meio das orações, sentiu como um “estalo” em sua cabeça, acompanhado de uma dor muito forte que o prostrou por terra, dando-lhe a impressão de que ia morrer. Ao voltar a si, deu-se conta de que aquelas coisas que antes pareciam inatingíveis e obscuras à sua inteligência, tornaram-se claras. Não foi difícil para ele perceber a enorme transformação ocorrida em sua mente.

Ao chegar ao Colégio, pediu que o deixassem participar dos debates intelectuais com seus colegas. Para espanto dos mestres, venceu todos os companheiros com o brilho de seu raciocínio. Daí por diante foi o primeiro e mais distinto aluno em todas as matérias, tornando-se um dos maiores oradores sacros e escritores da língua portuguesa.

Citações

Introdução : Maria ensinada à mocidade, Livraria Francisco Alves e Cia., pag. 75. *1 Vamos todos a Maria Medianeira, pag. 237 ; *2 Surio, Vita del Beato Egidio, apud. Pe. Gabriel Roschini, Instruções Marianas, Ed. Paulinas, São Paulo, 1960, pag. 209 ; *3 Santa Teresinha do Menino Jesus, L’Histoire d’une Âme, Edition du Cerf, Delcles-Brower, Paris, 1972 ; *4. F. H. Drinkwater, Editorial Herder, Barcelona, 1902 ; *5. J. Schrivers, CSSR, Minha Mãe!, Editora SCJ, Taubaté, 1925, pag. 85 ; *6 São Luis Grignion de Montfort, Le secret admirable di Trés Saint Rosaire, Maison Alfred Mame e Fils, Tours, 1926, pag. 27 ; *7 Santo Afonso di Ligori, Glore di Maria, Cap. VIII, 3 ; *8 La Legende Dorée, Librarie Perrin et Cie, Paris, 1917, pag. 499 ; *9 Pe. Raul Plus, Maria em nossa história divina, Tip. União Gráfica, Lisboa, 1943, pág. 126 ; *10 Pe. David Ardito, Ó Maria, eu confio em vós, Edições Paulinas, São Paulo, 1946, pag. 87 ; *11 João Clá Dias, Pequeno ofício de Nossa Senhora comentado, Artpress, São Paulo, pag. 276 ; *12 “Correio Paulistano”, 8 de setembro de 1925, apud Milagres da Senhora Aparecida, Pe. Julio Brustoloni, CSSR, Editora Santuário, Aparecida, 1987 ; *13 Pe. Raul Plus, Maria em nossa história divina, Tip. União Gráfica, Lisboa, 1943, pág. 127 ; *14 Revista Dr. Plinio, nº 6, setembro de 1988, pag. 20 : *15 Pe. Francisco Alves, CSSR, Tesouro de Exemplos, Editora Vozes, 1954 ; *16 Pe. Francisco Alves, CSSR, Tesouro de exemplos, Ed. Vozes, 1954, pag. 61 ; 17 São Luis Grignion de Montfort, Il segreto meraviglioso del Santo Rosario, 98 ; *18 Pe. David Ardito, Ó Maria, confio em vós, Edições Paulinas, São Paulo, 1946, pag. 140 ; *19 Santo Afonso Maria de Ligori, Le Glorie de Maria ; 20 São Luis Grignion de Montfort, Le secret admirable du Trés Saint Rosaire, Maison Alfred Mame e Fils, Tours, 1926; *21 Revista Arautos do Evangelho, janeiro de 2005 ; *22 Pe. Francisco Alves, CSSR, Tesouro de exemplos, Editora Vozes, 1953, pag. 65 ; *23 Maria ensinada à mocidade, Livraria Francisco Alves e Cia., pag. 64 ; *24 Ruth Craston, O milagre de Lourdes, Edições Melhoramentos, 1908, pag. 22 ; *25 Revista Arautos do Evangelho, março 2003, pag. 35-37 ; *26 Maria ensinada à mocidade, Livraria Francisco Alves e Cia., pag. 173 ; *27 Pe. Raul Plus, Maria em nossa história divina, Tip. União Gráfica, Lisboa, 1943 ; *28 Maria ensinada à mocidade, Livraria Francisco Alves e Cia., pag. 188 ; *29 Santo Afonso Maria de Ligori, Le Glorie de Maria, Cap. VI, II ; *30 Mariana Morazzani Arraiz, Revista Arautos do Evangelho, nº 38, fev. 2005, pag 36.


Frase do dia
"Maria é a escada do céu; por Ela, Deus baixou do céu à terra, e por Ela os homens podem subir ao céu."
(São Fulgêncio)


Rua Martim Francisco, 665 - Santa Cecília - São Paulo - SP - CEP 01226-001
(11) 2283 2003
vindesenhoradefatima@fatima.org.br