Aparições de Nossa Senhora

Aparições de Nossa Senhora

Aparições de Nossa Senhora

A 10 de Dezembro de 1925 aparecia à Vidente da Fátima a Virgem Santíssima, tendo ao lado o Menino Jesus sobre uma nuvem luminosa. A Virgem mostrava o seu Coração rodeado de espinhos e Jesus, apontando para ele, exortava a Vidente "a ter pena daquele Coração continuamente torturado das humanas ingratidões, sem haver quem o desagrave com atos de Reparação".

Então a Virgem Imaculada acrescentou: "Olha, minha filha, o meu Coração cercado dos espinhos que os homens ingratos a todos os momentos nele cravam com blasfêmias e ingratidões. Tu ao menos procura consolar-me, e diz da minha parte que todos aqueles que no primeiro sábado de cinco meses consecutivos se confessarem e receberem a sagrada Comunhão, rezarem um terço e me fizerem quinze minutos de companhia meditando os mistérios do Rosário com o fim de me desagravar, Eu prometo assisti-los na hora da morte com todas as graças necessárias para a salvação das suas almas".

Dois meses mais tarde, a 15 de Fevereiro de 1926, numa nova Aparição do Menino Jesus, que a animava a propagar a devoção ao Imaculado Coração de Maria, apesar das dificuldades indicadas pelo Confessor, pois que com a sua graça todas se poderiam vencer, a vidente perguntava se "no caso de alguém não poder fazer a confissão no primeiro sábado do mês, poderia bastar-lhe a ''confissão feita durante a semana''" e obtinha resposta afirmativa, contanto que a Comunhão se receba em estado de graça e se tenha a intenção reparadora indicada.

Pe. Luis Gonzaga Ayres da Fonseca S. J.
NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
APARIÇÔES – CULTOS – MILAGRES
Editora Vozes LTDA, Petrópolis – RJ
1954 – Quinta edição (Pgs. 350-351)





Voltar